Bom, sempre achei um pouquinho de crueldade castrar animais, porém hoje senti na pele o que isso pode gerar.

Antes de tudo acho que castrar bichinhos de estimação evita, no longo prazo, animais abandonados e doentes nas ruas afinal de contas hoje em dia ter um animal já esta dificil imagina 6, 7, 8 ou até 9 de uma ninhada? Algumas pessoas acham que faram dinheiro cruzando seus cachorros e vendendo os filhotes no quintal da casa ou lavanderia do apartamento porém a realidade não é bem essa.

Em segundo lugar, animais não castrados, especialmente fêmeas, correm mais riscos de doenças, o que até ontem achei que fosse um pouquinho de exagero! Olhem a foto ai acima, esse é o tumor que foi retirado da nossa pequena poodle, pra quem conhece, a Melzinha, isso mesmo, um mini poodle que não chega nem a 5 quilos com um tumor no aparelho reprodutor de, provavelmente, esse mesmo peso, de acordo com o veterinário que a operou, se ela fosse castrada a probabilidade dessa cirurgia estar acontecendo era mínima! A Mel esta bem, porém vai inclusive passar por quimioterapia.

Evite deixar isso acontecer com seu animalzinho de estimação, não é justo com ele ou com você!


Mais um texto retirado de um blog que eu leio, não sei se é verdade, porém pesquisei na internet e realmente não faz bem falar ao telefone dessa forma, agora, morte? derrame cerebral? Parece um pouquinho de exagero, mas nunca se sabe!!!! Amo vocês!!!

Texto do Dr. Luís Carlos Calil - Prof. Psiquiatria da Faculdade de Medicina.

NÃO PRENDA O TELEFONE NO OMBRO COM A CABEÇA!!!

O alerta vem dos consultores médicos do Jornal Britânico 'Neurology'.
Está comprovado que é perigoso, e pode até ser fatal, conversar pelo
telefone apoiando-o no ombro e firmando-o com a cabeça.

Geralmente tende-se a fazer isso quando precisamos anotar o que interlocutor está dizendo ou estamos fazendo algo mais.

O caso relatado pela publicação científica refere-se a um psiquiatra francês que demorou uma hora com o telefone preso entre a cabeça e o ombro esquerdo. Quando desligou, o psiquiatra sofreu cegueira temporária e sentiu dificuldade em falar a que sobreveio um derrame cerebral.

MOTIVO: Um osso minúsculo, mas pontudo, sob a orelha esquerda e atrás do queixo, rompeu os vasos que levam o sangue até o cérebro. Esse rompimento dá-se porque a pessoa, sem sentir, vai pressionando cada vez mais a cabeça sobre o telefone e também, involuntariamente, vai levantando o ombro.

Como é uma prática comum este comportamento, principalmente nos escritórios e, mesmo no lar, com a dona de casa fazendo suas obrigações, muitas vezes o problema afeta as pessoas com intensidade podendo causar problemas por acumulação.

Avise a seus colegas de trabalho, familiares, seus amigos e demais pessoas de seu convívio para que:

EVITEM FALAR AO TELEFONE PRENDENDO-O ENTRE A CABEÇA E O OMBRO.

Luz e Paz,

Marilda Jorge


Não tenho muitos leitores no meu blog portanto acredito que as pessoas que estão lendo sabem que estou fora do meu país a pouco mais de 5 anos e, apesar de sentir saudades constantes, hoje bateu mais forte.

Por este motivo resolvi escrever sobre saudade e como é interessante quando tentamos explicar o que sentimos para alguma pessoa americana.

A palavra saudade não existe no inglês e fica difícil explicar a alguém, que você sente a falta de uma pessoa a ponto de sentir saudades. É fácil quando você esta falando com a pessoa a qual aquele sentimento se refere porém quando você quer dizer para fulano que sente saudades de cicrano sem usar a palavra saudades fica dificil. Ficou complicado né? Vou dar um exemplo:

João esta com saudade de Pedro, ele liga para para Pedro e diz a ele que sente sua falta.
Porém, João esta com saudade de Pedro, mas esta no telefone com Maria e quer dizer a ela que esta com saudades de Pedro, não é mesma coisa que dizer que sente a falta de Pedro!!!! Vocês acham que estou variando né? Pode ser, mas depois que ficamos longe começamos a dar mais valor a pequenas coisas, vou explicar a diferença:

Sei lá, pode ser bobagem mas sinto que, sentir a falta de alguém é algo triste, enquanto que sentir saudades é aquele sentimento gostoso de que você ama alguém e que é amado, mesmo estando sem se ver por um tempo, acredito que o maior exemplo de saudade é quando lembramos de momentos com pessoas que ja desencarnaram e um sorriso no rosto e o brilho no olhar aparece instantâneamente em nossa face, não me entenda mal, saudades dói, mas sentir a falta de alguém machuca; sentir falta dessa mesma pessoa é como se algo ficou pendente, por exemplo minha vózinha faleceu a alguns anos atrás e hoje sinto demais a sua falta, o maior motivo disso é o fato de que ao invés de dizer a ela que a amava, ficava bravo com as manias dela.

Por este motivo peço a vocês que lutem para sentir apenas saudades das pessoas que vocês amam, não a falta delas!!!

Vivo de saudades dos meus amigos e família, amo vocês e espero que estejam se recuperando da bagunça do carnaval!!!


Ontem a noite foi a graduação da ninoca, mais um passo na educação dos filhos concluido!!!! kkkkk, é uma piada mas é assim que me senti!!!! Foi divertido!


Bom, desde o início eu já sabia que Labradores são naturais caçadores de aves e uma das maiores diversões da Nina é correr atrás dos patos no Canal atrás de casa, mas o mais interessante é que se o pato não foge dela ela perde o interesse, só posso explicar isso como uma atitude infantil, afinal de contas ela ainda é uma criança, espero que ela não amadureça e resolva realmente pegar o pato pra almoçar!!!!

Todas as manhãs eu e ela caminhamos e deixo ela se divertir com os patos, afinal de contas eles tem uma vantagem que ela não tem, eles voam!!!! É divertido ver o semblante dela frustrada por não poder voar atrás deles! Porém os patos já se acostumaram com a Nina e voam pro canalzinho onde ela não corre mais atrás deles. Esse final de semana ela descobriu que o canal é raso o suficiente pra ela correr dentro dele e pegou os patos de surpresa!!!

Ela focou no pato da foto e correu tanto atrás dele dentro do canal que depois de um tempo o pato ficou tão cansado que desistiu e se entregou, isso mesmo literalmente deitou no chão e esperou virar jantar, foi só ai que ela parou de correr e desencanou do pato e veio em minha direção como quem diz:

- Ok não posso voar, mas posso "andar na água"! You better watch out!!!!


Quem diria!!!!! Nunca imaginei que um cachorro poderia "puxar" o dono até nisso!!!!

Nina e sua melhor amiga, a Lucy, cachorrinha do Brad depois de um longo dia brincando!!!

PS: A imagem é espontânea, em nenhum momento colocamos as duas no sofá, estavamos todos no quintal!!!!

About this blog

Beach House is a place where I go for all the stuff that makes me happy. Is not always sunny at the beach but we will always have the beach house, a place that always bring family and friends closer even when they are distant. I hope you enjoy your time at the beach. A casa da praia é um lugar que eu vou para todas as coisas que me fazem feliz. Nem sempre tem sol na praia mas a casa da praia vai estar sempre lá, um lugar que sempre coloca família e amigos mais próximos mesmo quando estão distantes. Espero que aproveite seu tempinho aqui na praia.

About Me

My photo
From the 4th biggest city in the world, living in USA for the last four and half years, worked as bunch of things but now in love with the HR field.

Followers

Share IT

Hit Me